sexta-feira, 22 de maio de 2009

Você sabe o que é podcast?


A palavra Podcast veio da fusão de iPod (tocador MP3 da Apple) e broadcast (transmissão de rádio, em inglês). Conhecido também como podcasting, esta “novidade” nada mais é do que arquivos em áudio que ficam disponíveis na internet, e podem ser ouvidos e/ou baixados para o PC, no iPod, no celular e até em outros eletrônicos disponíveis no mercado, com isso as pessoas dão mobilidade a este arquivo podendo ouvi-los em qualquer lugar e a qualquer hora.

Um podcast pode ser feito em vários programas, ou episódios, como se fossem um seriado. Podem ser também seleções de musicais ou tratarem sobre os mais variados assuntos, como esporte, comunicação, humor e etc., exatamente como acontece em alguns blogs.

Assim como as musicas em mp3, que você faz sua playlist, com o podcast você seleciona o programa que mais lhe agrada, podem ser um programa de rádio, uma entrevista ou até mesmo uma aula. As universidades de Harvard e Stanford estão entre as pioneiras a usar podcasts como ferramenta educacional.

video

Rádios do Brasil e do mundo viram no podcast uma forma de aumentar sua audiência, elas oferecem sua programação dividida em partes, segmentada, deixando para que os ouvintes escolham o programa que mais lhe agrada e até qual parte do programa ouvir. Não foram só as rádios que viram no podcast uma forma de atrair a população, governos do mundo todo adotaram o podcast como uma forma de divulgar discursos, fazer campanha, prestar contas, e etc. No Brasil, a Prefeitura de São Paulo foi uma das primeiras a usar o “novo” meio.

Com o tempo surgiu o Vídeo podcast e também o fotocast. Mas o princípio é o mesmo que o podcast, só que desta vez são vídeos e fotos, e não sons.

Um grande argumento que se tem para o crescimento na publicação de podcasts é no desejo de pessoas “comuns” terem de tornar-se DJs (no caso de programas musicais), ou então, de tornarem-se jornalistas (no caso de programas de noticiários).

O cenário da comunicação está sendo profundamente alterado pelas novas tecnologias, grandes empresas como a BBC e o jornal The New York Times repensam seus modelos de negócio adequando-se a internet e é claro a um público cada vez mais “internetizado”. Ambas as empresas utilizam o “podcast”.

As pessoas consomem e divulgam informações nessa rede ilimitada que é a internet, facilitando assim a troca de culturas como vimos no vídeo.

Em fevereiro de 2004 a palavra “Podcast” apareceu no jornal inglês The Guardian como um sinônimo para audioblog, ou seja, blogar com áudio em lugar de blogar com textos. Será esse o futuro dos blogs atuais, virarem audioblogs ou até videoblogs?

Veremos...



Dicas:

Neste site contém uma lista dos 180 melhores podcasts no ano de 2008. Vale a pena dar uma olhada!

http://www.premiopodcast.com.br/

Vasculhando um pouco achei também estes Podcasts feitos por Bia Kunze, é o PodSemFio, um podcast semanal sobre a tecnologia móvel no dia-a-dia, feito 100% em dispositivos portáteis!

http://odontopalm.com.br/psf/

Fontes:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u19678.shtml

Livros da “Coleção conquiste a rede – Podcast” – por Ana Carmen Foschini e Roberto Romano Taddei.

Aulas de Comunicação Comparada - Professor Marcio Rodrigo.

Imagens: www.google.com.br

5 comentários:

  1. Legal!

    Embora eu AME rádio em sua forma tradicional, não dá pra negar a praticidade dos Podcasts. A rápida adesão do público só vêm reforçar o que aprendemos sobre a Long Tail. A gente não precisa mais ver os programas na hora que vão ao ar, vejo/ouço na hora em que eu quiser.

    ResponderExcluir
  2. Pensando eu estava, que criar uma destas podcasts podem ser feitas por qualquer um, já que a internet disponibiliza uma forma simples para criar a seleção de músicas que a pessoa quer sem precisar esperar que sua música favorita toque na rádio. \o

    Acho que um Blog é mais ou menos parecido, pois imagino que nem todos os donos de blog são formados em jornalismo, comounicação social. Mas podem divulgar uma informação com qualidade.

    Acho que pra fazer um podcast é mais necessário ter vontade de fazer, do que recursos, já que a internet ajuda muito.

    ResponderExcluir
  3. Cris, como você ressaltou a praticidade dos Podcasts nas rádios facilita a vida do ouvinte, afinal ele procura realmente o programa que ele gosta, sem precisar fazer uma rotina diária para ouvir o programa num determinado horário estipulado pela emissora.

    João, com certeza qualquer um de nós pode produzir um programa,não precisa ser um profissional para mexer nos programas de computador, força de vontade vale bastante!

    Quem sabe o professor não use também o "podcast" para as proximas turmas de RTV e Jornalismo!

    ResponderExcluir
  4. comentário acima Daniel Dias de Almeida Santos

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Cris... o podcast é a concretização na prática da Long tail...agora você escolhe a hora de ouvir ou ver seus programas...e os acessa novamente quantas vezes quiser se baixá-lo para seus arquivos...

    ResponderExcluir